domingo, Setembro 20, 2009


http://www.yourtaste.is/

domingo, Dezembro 23, 2007

O protocolo obriga:
Bom Natal para si e para os seus (e o blah blah blah do costume...)

at gms consulting group

(Que, no fundo, para muitos deveria ser assim:

-Aproveitar as férias, se for caso disso (e aproveitar ainda melhor o subsidio de Natal nas férias)
-Imaginar que o Pai Natal é o George Clooney saído de um jogo do Benfica a descer pela tua chaminé, de preferencia com uma Nespresso por baixo do braço
-Receber muitos presentes e dar também (lá tem que ser...)
-Comer muito (mas tudo light e gourmet claro)
-Beber muito (um Moet & Chandon para começar...)
-Não se engasgar com as 12 passas do reveillon (haverá pior começo de ano que uma passa atravessada na garganta?!)

mas... agora a sério,

o importante é SER FELIZ e aproveitar a calor da familia e dos entes queridos, porque esses são o melhor que há!


A todos, BOAS FESTAS

sexta-feira, Dezembro 21, 2007

O génio (de) Oscar Niemeyer

O génio da arquitectura modernista celebrou este mês 100 anos de vida.

Ele é o génio que odeia os ângulos rectos, que ama as curvas.
Como ele próprio disse um dia:
«Se a recta é o caminho mais curto entre dois pontos, a curva é o que faz o concreto buscar o infinito»
Ele é o génio que tem pânico de andar de avião;

Ele é o génio que nunca desistiu de sua opção pelo comunismo (como ele odeia o capitalismo)
Ele é o arquitecto que idolatra a alma feminina, a ponto de ter se casado aos 98 anos sem que sua família soubesse;

Com uma obra arquictónica vastíssima em tudo o mundo, a única obra de Oscar Niemeyer em Portugal é o luxuoso Hotel Casino Park, situado no Funchal, recentemente adquirido pelo Grupo Pestana:












(imagens retiradas de www.pestana.com)

terça-feira, Dezembro 18, 2007

euros, a troco de produtividade

«Os médicos dos hospitais públicos vão começar a ser remunerados em função da produtividade já durante o próximo ano»

Concerteza, Sr. Ministro.
E que venham as
....patologias agudas,
....as doenças ligeiríssimas,
...os actos médicos rápidos
....os exames mais simples (RMN para quê quando a ecografo esta ali mesmo a mão?),
...o «dá cá, este doente é meu» (unhas encravadas voltem, estão perdoadas)
Os doentes crónicos vão ter que esperar.

Lost Thoughts I

Chove.
Chove lá fora. Torrencialmente.

Há horas bipolares em que somos príncipes dignos da mais elegante corte, somos majestades num luxoso reino além-mar, somos olho em terra de cegos. Nada nem ninguém nos detém, nos faz parar, nos trava. Somos o momento que fruimos, agora. O prazer momentâneo, já. A euforia transitória, nestes brevíssimos segundos.

Chove lá fora. Viola brutalmente o vidro da janela que me abriga.

Outras horas bipolares há em que nos transformamos em nada, em pó da terra seca e árida, em merda do mais miserável matadouro, em sem-abrigos em terra de betão. Somos o que temos no momento: nada.

Chove lá fora. Agride a terra com a força de um punhal ensanguentado.

Lei do «escorrega»: Depressa subimos mas ainda mais rapidamente descemos.

Chove.
Faz sol.

domingo, Dezembro 16, 2007

Belenenses 1-0 Benfica

Ainda acredita que estes tipos vão ser campeões??

sexta-feira, Dezembro 14, 2007

Contas feitas... mas ainda sem ordem na casa


Feitas as contas na ressaca eleitoral, Miguel Leao agradece aos seus apoiantes, ávidos de mudança:

ML: 5000 votos

PN: 4600 votos

CSS: 1500 votos


Será que «candeia que vai à frente alumia 2 vezes»?

Ano Novo, Cara Nova


Depois de um tempo de ausência, estou de volta.

Com blog de cara lavada, contadores a zero, é um novo ínicio.

As mais de dez mil visitas anteriores não interessam, este é o recomeço.


Não prometo estar sempre, mas prometo escrever muitas vezes.

2º volta

Miguel Leao ganhou, neste 1º round, 3 pontos percentuais ao actual líder da OM, Pedro Nunes.
Para trás, ficou Carlos Santos Silva, com honrosos 13 pontos percentuais.
O round derradeiro está marcado para o dia 16 de Janeiro.
Conseguirá Leao cativar o eleitorado da «Alternativa» e assim derrotar o actual Bastonário??


Sinceramente...esperemos que sim.
Por uma Ordem Interventiva.
Por a Ordem em... Ordem.


ps:este blog é eleitoramente isento e não consta em nenhuma lista à OM.

domingo, Dezembro 02, 2007

Eleições à Ordem dos Médicos


É já dia 12 as eleições.

São 3 as listas candidatas à OM.
Porque está na altura de dar um soco na mesa, de ter ordem na Ordem, de ter um orgão interventivo e activo (quça, ao estilo 'Antonio Gentil Martins'), voto Dr. MIGUEL LEÃO e lista A.
Vamos sair deste marasmo, e lutar por sermos mais e melhores Médicos

atenta

Ando desaparecida, mas não desatenta à blogosfera nacional.

Recomendo a visita a um blog que promete dar que falar nos próximos tempos: Vantagem Comparativa

quinta-feira, Setembro 06, 2007

desaparecido

Procura-se Revista Tempo Medicina (ed. online)
A quem souber o paradeiro, agradece-se informação.

(Desde há alguns dias o site deste boletim médico nacional encontra-se indisponível.
Estarão em greve pré-eleitoral?)

Votos de rápido regresso.

segunda-feira, Setembro 03, 2007

Os meus.

O.C. -Na terra dos ricos


À distância de casa, decidi partilhar o meu espaço com a família Cohen.
A trama desta série de sucesso que retrata a vida da localidade -Orange County- com maior riqueza por m2 do planeta.
As vidas e relações atribuladas de Ryan and Marrisa, Sandy and Kirsten e Summer e Seth, a não perder num DVD (ou 3, se quiser mesmo....) perto de si

de regresso.



após muito pensar, voltei.
Decidi impor-me ao tempo que urge e regressar ao blog que pari há um ano atrás.
Dar-lhe vida, mas também o espaço de que ele precisa.
Tal como nós. Mas às vezes não nos apercebemos disso.
Decidi reanimar este me diário de guerra e de vida.
Reanimar-me a mim própria.

quinta-feira, Junho 21, 2007

a propósito das prioridades da saúde...

a próposito de artigo intitulado 'prioridades da saúde' do meu querido que raio de saúde a nossa, lanço a questão:
para além do Centro Saúde referido, o de Viana do Castelo, quantas unidades não disporão realmente o milagroso desfibrilhador?
(E nem me refiro às que o possuem mas que estão guardados a 7 chaves, qual peça de museu...)
Fica para pensar.
pista: vamos começar pelas instituições psiquiátricas....

quarta-feira, Maio 23, 2007

Short bus



Shortbus, mais um filme a não perder.
Todos nós temos algo a ver com aqueles personagens tipo, estranhos no principiar do filme e familiares ao cair do pano.
Nenhuma relação, seja de amor, amizade ou simplesmente sexo, é algo estanque, imune a factores adversos. Tem dias bons e menos bons. Mas no fim, são os demónios que a atormentam, que nós dão força para melhorar, corrigir os nossos erros e continuar em frente, transformando-se nos nossos melhores amigos.

Não sei quem é o Nuno Cargaleiro mas gostei do que li no seu Viciado em Cinema.

"Shortbus" assume as várias dimensões das suas personagens, apresentando-os em cenas de sexo explícito, onde a ideia do pornográfico surge de imediato, mas que rapidamente de dilui para um entendimento, por parte do espectador, que aquilo que vê são momentos que cada um de nós pode viver na sua intimidade, sendo por isso natural, e onde o contraste entre as figuras tipo do filme, apesar da sua excentricidade, reproduzem anseios, dúvidas e desejos que são comuns a todo o ser humano
(...)
Shortbus" fez-me rir, emocionar e pensar sobre vários aspectos do quotadiano que tomamos por adquirido e correcto. Como se fossemos uma "personificação" da Alice no País das Maravilhas, todos tendemos em querer olhar para o outro lado do espelho, mas pouco conseguem alcançar nessa viagem a paz da auto-aceitação...
(...)
Pois como diz numa das letras, duma banda sonora cuidada, "e é no fim que percebemos, que os nossos demónios interiores são os nossos melhores amigos"!

Ausência

Ausência.
Estive ausente neste dias que correm, como se necessitasse espaço para fugir de uma realidade que me estrangulava. E tempo.
TEMPO.
Essa medida objectiva e quantificável que rege os nossos dias, e os minutos das nossas horas, e que se torna em algo subjectivo e de limites esfumados se não soubermos o que fazer com ele, como se o objecto relógio deixasse de fazer sentido.
Fará?

quarta-feira, Abril 18, 2007

Jovem recém-licenciada toma rédeas da administração do CHNT... E esta hein??

Vi este post no Voz do Abade.
Fiquei afónica.

A Voz do Nordeste - (Claro, a culpa é dos FP*)


Jovem recém-licenciada nomeada administradoraA Administração do Centro Hospitalar do Nordeste Transmontano (CHNT) ficou completa a partir do início deste mês depois da nomeação de Cláudia Miranda como vogal executiva da mesma Administração.

Cláudia Miranda ainda não tem 20 anos e em termos de currículo está a construí-lo, muito ajudando a actual nomeação política para o lugar de administradora do CHNT. No seu currículo sobressaem as funções de professora substituta do Instituto Politécnico de Bragança, onde seria obrigada a deixar lugar depois de o respectivo titular regressar.

A nova administradora vai auferir o vencimento de 3 000 euros (600 contos) líquidos, acrescidos de automóvel, combustível, telemóvel e algumas despesas de representação. Entretanto, perspectiva-se já que esse vencimento venha a subir para 800 contos líquidos em virtude o actual vencimento ainda corresponder à categoria dos vogais da administração do antigo Hospital de Bragança e não à categoria de vogal de um Centro Hospitalar.

Porque é que uma jovem sem currículo é nomeada para lugar … de tanta responsabilidade… a avaliar pelo vencimento e mordomias?... Será pelas suas eventuais futuras relações matrimoniais com o actual líder distrital da JS?...

Pela ideia que nos "venderam" dele, não nos parece rapaz de deitar a perder as suas convicções políticas por tão pouco!... Mas por que será, então?... Não conseguimos apurar. Objectivamente é o que podemos dizer. Só para terminar, já está a ganhar como vogal da Administração desde os primeiros dias de Fevereiro, mas ainda não se apresentou ao serviço!...
BONITO EXEMPLO DO POLITICAMENTE INCORRECTO...!
* Funcionários Públicos.

sexta-feira, Abril 13, 2007

liberalização da propriedade das farmácias

Esta proposta de lei é finalmente palco de discussão na AR.

Será que é desta que um dos maiores lobbies da sociedade portuguesa será questionado?

Terá finalmente o Estado a coragem necessária para desafiar (e ir até o fim) o sui generis presidente da A.N.F., defensor acérrimo da sua dama -dona Farmácia, o Dr. João Cordeiro?

A direcção técnica das farmácias mantém-se inalterada, justamente. Só um farmacêutico pode ser responsável pela (digamos, correcta) venda de medicamentos.
Mas não poderá um anónimo cidadão, não farmacêutico, com muitos euros na carteira (muitos, muitos....), adquirir um qualquer estabelecimento com uma direcção técnica farmacêutica a seu bel prazer? Não terá esse direito??
Da mesma forma que um cidadão anónimo, não gestor e/ou economista, poderia comprar uma empresa de consultadoria e nomear alguém competente na área para lidera-la.
Afinal de contas, vivemos numa sociedade livre.

Será desta?

Sinceramente espero que sim.
Mas o meu 6º sentido feminino (que nunca se engana e raramente tem dúvida...) diz que não. A coisas que não se consegue mudar (para melhor). Porque a tradição ainda é o que era...

segunda-feira, Abril 09, 2007

aLIVE!!!!

-'Alive & kicking'!
Não, isto não é uma alusão estilo VH-1 aos defuntos Simple Minds nem uma manifestação anti-aborto fora de época (e calem-me esses movimentos!).

Só para dizer que voltei.
Sim, voltei!!
(e isso interessa? -pensam os sarcásticos)
Claro que sim -responde o meu 'ego' irónico).

De regresso.
Regresso de umas (merecidas) férias longe da monotonia tuga. Leia-se, sem ouvir falar das peripécias bollywoodescas do nosso desporto-rei (e como o Messias Rui Costa nesta época de Quaresma que não consegue fazer o milagre da ressurreição do Benfica) nem de quem é o tubarão no aquário de novelas da TVI(e afinal quem era?).

Fugi.
De malas feitas e sem abraços melancólicos de despedida.
Assim é mais fácil.


Não pensem que eu penso que fugir é a melhor solução.
Nem às vezes. Nunca.
Não é solução para a resolução de 'algo' que perdura. Não.
Apenas para ganhar tempo.
E é o tempo que nos faz amadurecer as ideias e nos torna mais sólidos.

Para aonde?
NY, the empire state.





A cidade que foi anfitriã do sexo que extasiou milhares de mulheres que semanalmente abraçavam o pequeno écran (e acreditam meus senhores, esta proeza não é fácil...), que tantricamente acoplou vários globos de ouro consecutivos, que que pôs a nu a Carrie que há em todas nós (no meu caso, seria mais a Charlotte)...
E já não falo das várias Samantha's que quem me cruzo diariamente...
(volta Sarah Jessica Parker, estás perdoada!)

A cidade que, segundo Madonna, nunca dorme (mas para ela também não deve ser difícil, certo?)

A cidade dos arranha-céus, da agitação luminosa da Broadway, do melting pot liquefeito, do suburbanismo negro de Harlem, da elegante branca Village, do memorial permanente ao nine-eleven, do central park domingueiro, dos guetos milionários, dos novos ricos e dos miseráveis que hão-de sempre continuar a sê-lo. Miserables.

Voltei.
Vim de férias.
Corpo cansado, mas de cabeça mais leve.
Bolso também (na gíria boxeur, já na categoria 'mosca'.)

Pronta a (não) reanimar....